Seguidores

quarta-feira, 4 de março de 2015

BOLAS DE MEIA

Depois da faxina no guarda roupa do meu filho,foi necessário uma triagem : o que vai para o bazar do hospital,o que vai para funcionários do prédio,o que vai virar pano de tirar pó ( geralmente cuecas velhas,de algodão com elástico esgarçado e frouxo ) são bem macias e dão ótimos paninhos de limpeza. Depois de tudo separado,sobrou em cima da mesa,uma montanha de meias desparelhadas. O que fazer ? Então me veio á lembrança, o gosto que meu netinho tem por bolas feitas com meia.
Resolvi que as meias poderiam dar ótimas bolas de pano.Fiz uma avaliação apurada do estado de cada meia, e dei início ao trabalho manual. Enrolei,enrolei,enrolei,deixei as bolas bem durinhas e costurei as bordas,para que não se esgarçassem.
Feitas as bolas,fotografei e mandei pelo whats app para meu netinho escolher. A bola branca foi favoritada em resposta imediata pelo iphone. As bolas cinza e preta voltaram para o guarda roupa do meu filho de onde tinham saído em forma de meia. O marmanjão resolveu que também queria bolas de meia,virou criança despeitada.
Quem diria…na minha infância a gente fazia bola com meia de seda,para jogar queimada na rua. Meu netinho tem ipad,itouch,é uma criança moderna e virtualizada,mas seus olhinhos brilham quando ve as bolas de meia. Vai ganhar uma bola nova da vovó,porque a dele já está toda estropiada,de tanto que o moleque brinca com ela enquanto espera a perua escolar chegar.
As outras duas vão ficar com meu filho,guardadas no guarda roupa. Quem sabe um dia,ele não dá uma delas para um filho dele ?
A tecnologia muda,mas alguns brinquedos antigos não.
                       
                                                                                                *PenhaBoselli* / 2015