Seguidores

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

CARDÁPIO NO DOMINDO



Todo mundo fica meio perdido.
Macarrão? Frango assado ? Churrasquinho ? Pastel na feira ?
Feijoada ?
Eu sou adepta do cardápio delivery🤓
Qualquer um que entregue em casa😃👽
Aí vem o chato certinho ( sempre tem um por perto ) e diz que domingo tem que ir na Igreja rezar e não ficar pensando o que vai comer.😒
Ok...concordo,só que a vida mudou,os tempos são outros e a igreja mais próxima de onde estou,fica a kilometros de distância. Agora,templo evangélico tem de montão,porque eles estão comprando todas as antigas casas de show ( mega espaço para shows ) e transformando em"Templos" O espaço Olímpia , lá na Lapa , onde antigamente levava minhas filhas adolescentes,já transmutou. Entonces rezo em casa mesmo.No intervalo das preces vou pensando no cardápio dominical.
E às vezes o cardápio nem se harmoniza com o clima. Hoje por exemplo,Sampa pede uma feijoada quentinha delivery no portão do condomínio.Mas a grana curta ordena dois frango de padaria , assados no programa " TV dogs "

Cada um se vira como pode e com o que tem.😋
Com tanto que tenha vinho pra mim tá tudo bem 🍷


Bom domingo e seja feliz👽🤗

                                                       Maria da Penha Boselli* / 2019

sábado, 2 de fevereiro de 2019

AQUECIMENTO GLOBAL


VAMOS PARAR DE RECLAMAR ?
Tá quente né ? Muito calor,muito suor,mas te garanto que é melhor que vinte graus abaixo de zero.
Nossa comida continua chegando no varejão,não falta cerveja gelada na geladeira,a feira no mercado continua acontecendo. As estradas funcionam normalmente,o fluxo de carros e caminhões segue normal e se você passar mal consegue chegar até um UPA ou hospital do bairro, sem ficar congelada no caminho.
Melhor...não precisa ficar trancado em casa. Tá quente mas dá pra sair e fazer as coisas na rua, nem que seja em horários mais frescos.
Tem água encanada e não congelada,tem trem circulando sem neve nos trilhos,as viagens de ônibus continuam normal os aviões aterrissam sem que as portas de abrir estejam congeladas ; e a vida segue quente,mas segue.
Não reclama.Agradece por estar numa bolha de clima quente quarenta graus do que numa bolha micro era glacial localizada.
As noites são quentes mas um ventilador ou ar condicionado resolve. Melhor dormir pelado do que encapotado que nem urso com cinco quilos de roupa quente no corpo que travam os movimentos na cama.
Aqui em Sampa tá muito quente.São 22:00 mas tem gente fazendo batuque por ai em algum lugar,tem carro circulando na rua, ten gente saindo e chegando a pé aqui no prédio.Então,apesar de tudo, a vida continua e os transtornos são menores.
Vai lá onde tá vinte graus negativo pra ver como estão vivendo as pessoas,vai.
Então não reclama do calor.Se quiser dá até pra pegar uma praia,porque o mar é meio sujinho mas não congelou.Temos pele tupiniquim e alta resistência ao sol quente no DNA.
Fica em paz...e adapte-se ao calor intenso. O inferno é mais quente pode crer.

                                                                                      Maria da Penha Boselli* / 2019
              

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

PICA PAU

DE VEZ ENQUANTO ALGUM PÁSSARO DIFERENTE APARECE AQUI NAS ARVORES DO MEU PRÉDIO.NÃO SEI SE ELES VEM DO PARQUE IBIRAPUERA,MAS É PROVÁVEL QUE SIM.
Já vi de tudo,até pavão.
Hoje apareceu um pica pau.Escutei toc toc toc,olhei pela janela da sala e lá estava ele no tronco da árvore a três metros de mim.Corpinho carijó e topete amarelo que nem gema de ovo. Uma graça. Estava se deliciando com farta refeição de larvas e insetos escondidos no meio do tronco.Fiquei observando a ave e me lembrei de quando meu pai apareceu em Taquaritinga ( depois de uma viagem ) com um pica pau de tecido aveludado e penas artificiais, que tinha ventosas no pé e subia pela geladeira fazendo toc toc toc.Era um brinquedo que imitava direitinho o pica pau e a gente tinha que dar corda pra ele se movimentar e subir pela geladeira.
Eu era muito pequena e guardo a cena daquela tarde bem nítida na memória,mas não sei dizer que fim levou esse brinquedo ,nem quanto tempo durou.
O pica pau de verdade aqui no prédio,só levantou voo quando estava de pança cheia e satisfeito.
Cenas assim são um presente pra gente como eu que vive enfiada no apartamento.
Vamos ver amanhã que tipo de ave virá nos visitar.

                                                                       Maria da Penha Boselli* /2019